Ducati Monster, já se fala na nova em 2008

monster-s4.jpg

 Terá sido uma “fuga de informação” fortuita ou deliberada por parte dos homens da Ducati, mas o certo é que são cada vez mais consistentes os rumores acerca do lançamento de uma segunda geração para a Monster. Não se tratará apenas de mais um restyling, e a ideia é fazer uma moto totalmente nova, mas que seja de imediato reconhecida como uma Monster, encerrando a primeira etapa de um mito que se mantém no topo desde 1992.

As motorizações base deverão ser duas, a actual 675 e o motor 1100 que equipa a Hypermotard. A versão mais desportiva, a S4R com o motor Testastretta, poderá ser descontinuada, para dar lugar à que seria uma espectacular streetfighter com o motor da 1098. Agora, só temos medo de uma coisa: quem será o responsável pelo design da nova Monster? Esperamos que não tenham entregue a missão ao Pierre Terblanche, que tanto é capaz de fazer uma “top model” como a Hypermotard, ou coisas como a Multistrada e 999…
Fonte: www.motociclismo.pt

Férias de Moto

col-di-lombarda2.jpg

Depois de um ano inteiro de trabalho, chega o Verão e todos querem um bom lugar para descansar e passar as férias e os fim-de-semana. Entretanto, antes de “botar o pé na estrada”, o motociclista deve tomar alguns cuidados.Nesta época do ano o movimento das estradas é maior, e nunca é demais prevenir certos tipos de situações que podem transformar a diversão e o lazer em uma grande dor de cabeça. Nessas horas, o que mais vale é a manutenção preventiva.

Planeie bem seu itinerário

moto_in_riva_al_garda.jpg

Um bom planeamento do roteiro é sinónimo de uma viagem sem grandes surpresas. Prefira iniciar uma viagem durante o dia, se possível, sempre pela manhã. A capacidade de concentração e reflexos de nossa mente estão melhores ao despertar. Entretanto, caso seja necessário fazer-se à estrada à noite, nunca faça isso sozinho. Viaje em grupo, e dê preferência para partir durante a madrugada, quando o movimento costuma ser menor.Outro ponto interessante é pesquisar rotas alternativas e telefones de emergência. Muitas administradoras de estradas oferecem serviços de reboque, mecânica e até atendimento médico.
 

Documentação

Não esqueça de verificar a documentação da moto. Em épocas de férias, a polícia rodoviária intensifica a fiscalização nas estradas, e, neste caso, é sempre bom conferir os itens obrigatórios.

Equipamentos

fondo-dainese.jpg

Capacete, luvas, blusão e botas são a segunda pele do motociclista e indispensáveis em qualquer viagem. Além de terem o uso obrigatório e proteger de acidentes mais graves, ajudam a evitar pequenos ferimentos com os detritos soltos na estrada. Uma pedra pode lesar gravemente um motociclista a viajar a 120 km/h.Acomode a sua bagagem bem amarrada com esticadores, ou, quando possível, dentro de top case ou alforjes laterais. Se a sua moto possuir dois destes, lembre-se de distribuir o peso igualmente nos dois compartimentos para não prejudicar o equilíbrio. Não esqueça de verificar também se as ferramentas de sua moto  estão no lugar, e claro, reserve espaço na bagagem para a capa de chuva. Ela poderá ser útil e vale mais prevenir que remediar.

Iluminação

41914406_8043.jpg

A iluminação é de vital importância para que o motociclista seja notado ao viajar na estrada. Portanto, não economize tempo em inspecionar cada detalhe. Antes da partida, verifique todas as luzes da sua moto.Se o problema for simples, como uma lâmpada queimada, troque-a você mesmo. Já se parecer mais grave, ou se algum componente não estiver em condições normais de uso, leve sua moto a um mecânico de confiança. Vale a pena lembrar que o mau funcionamento destes componentes pode gerar multa e acidentes.

Parte mecânica

mecanica.jpg

Verifique os componentes mecânicos da sua moto. Confira o estado da corrente, que tem de ser lubrificada e esticada. Verifique também as condições das velas. Seu aspecto deve ter uma coloração castanho claro.

Veja o estado dos pneus, se muito desgastados, troque-os. Não esqueça dos filtros de ar e óleo, nível do óleo e pastilhas de Travão. Suspensão com barulho é prenúncio de dor de cabeça. Verifique o estado geral das molas e amortecedores dianteiros. Qualquer sinal de vazamento vindo do motor também pode ser sinal de problemas. Na dúvida, consulte sempre um mecânico.

Na estrada

caminhopp.jpg

Para sua segurança, evite viajar pelas bermas das estradas e lembre-se sempre de ocupar na pista o mesmo espaço utilizado por um carro. A 100 km/h, uma manobra evasiva por causa de um buraco ou raíz pode ser perigosa para o motociclista, principalmente em pistas desniveladas. Evite também viajar perto de camiões. O deslocamento de ar gerado por grandes rodas pode destabilizar uma moto com facilidade. Planeie uma paragem a cada 100/150 km feitos, para exercitar os braços e as pernas.

A regra mais importante para todo motociclista na estrada é “veja e seja visto!”. Dessa forma, nunca viage no chamado “ângulo morto” dos veículos. Mantenha o farol sempre ligado. Outro ponto importante, é sinalizar toda e qualquer manobra. Nas mudanças de faixa e ultrapassagens, use sempre os piscas.

Aproveite e disfrute de todos momentos de lazer que a viagem lhe pode proporcionar.

Assim, faça uma Boa Viagem!

Aprilia SL 750 Shiver

1_aprilia_shiver_abre_200711518222.jpg

 

Na última edição do Salão de Milão a fabricante italiana Aprilia foi um dos destaques do evento ao apresentar três novos modelos de sua linha de motocicletas. Entre eles, a grande novidade foi a nova SL 750 Shiver, uma naked com desenho futurista que promete atrair as atenções do mercado europeu em 2007.

Seu principal atrativo está no novo motor V2 projetado pela fábrica italiana. Leve e extremamente compacto, o propulsor é um bicilíndrico em “V” a 90º de 749,9 cm³ com quatro válvulas por cilindro e refrigeração liquida que esbanja potência e tecnologia. Segundo o fabricante, são 95 cv a 9.000 rpm e torque de 8,2 kgm a 7.000 rpm, números muito semelhantes aos de motocicletas com motores de quatro cilindros, como a Honda Hornet. Para garantir maior aproveitamento no desempenho, uma injeção eletrônica de última geração e a tecnologia de aceleração eletrônica “ride by wire” conferem ótimas retomadas.

As linhas dessa nova máquina italiana não seguem nenhuma tendência, pelo contrário. Seu estilo é moderno e seus traços lembram muito o da irmã, também recém-lançada, Aprilia 850 Mana. Com um pouco de criatividade pode-se notar certa inspiração esportiva do conjunto. Porém, não há como negar, a 750 Shiver é uma naked “puro-sangue”. Na dianteira, chama a atenção o grupo ótico saltado para frente, que deu um ar agressivo ao desenho. Na traseira, rabeta curta com lanterna de leds e piscas que lembram a ponta de uma flecha são os destaques.

No momento certo!

news_stunt_bike_show_2006_shamil.jpg

O verdadeiro Super puto!!

super-puto.jpg

Nunca é tarde demais…!

nonna.jpg

Motor Clube de Mil Fontes – 1 e 2 de Junho

140507_vnmilfontescartazconcentracaog.jpg