Bikes and Babes

Anúncios

As Motas na Saúde Pública

As motas em situações de emergência médica permitem socorrer mais rapidamente as vítimas, principalmente em zonas com congestionamento de trânsito, conclui um estudo realizado a partir de um projecto-piloto do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Campanhas Motociclistas

 

Compre uma FireBlade e Ganhe 1 Curso de Pilotagem

Na compra do novo modelo CBR1000RR FireBlade a Honda Portugal oferece um curso de condução em circuito.
Alex Vieira, campeão do Mundo de Resistência, vencedor das 8H de Suzuka e de várias edições do Bol d´Or e das 24H Le Mans,  será o monitor de serviço e contará com a preciosa ajuda de outros pilotos de referência.
Os cursos serão ministrados durante os próximos meses de Outubro e Novembro e terão lugar nos 3 circuitos nacionais – Braga, Estoril e Portimão.
.
Informações nos concessionários Honda

Grupo Motard Alvito – Churrascada – 07/06/2008

Inspecção de Motas

Este tema já se fala há muito tempo e de novo não tem nada, fala-se de prevenção rodoviária, sinistralidade, tudo temas que não dizem respeito só ás motas, porque se fosse só relativamente ás motas, era mais do tipo problemas diários e reais (rails e a sua devida proteção, as tintas da estrada proibidas noutros países e legais nos nosso por serem baratas, o imposto fiscal – o porquê dos preços exagerados em relação aos carros, etc..).

Inspeção de Motociclos no meu entender para além de ir encarecer ainda mais os encargos dos motociclistas, (que devido ás motas serem consideradas um bem de ”luxo” somos penalizados de varias maneiras, tipo selo, seguro, portagens, irs,..), vai fazer com que certas entidades ”lucrem” com isso.

Até hoje as ” inspecções ” estavam a cargos das entidades de segurança pública (GNR e PSP) que fazem cumprir as regras segundo a lei que diz que um motociclo deve ter luzes(médios e máximos), que deve ter piscas, matricula legível e segundo as medidas previstas pela DGV, retrovisor pelo menos do lado esquerdo. Em relação aos pneus obdecem a lei igual ás dos carros (que nas motas de pista é bastante complicado por existir no mercado pneus novos e todos ‘xpto’ quase sem rasto/rasgos, o que leva certos agentes da autoridade a ter opinião propria sobre o assunto e assim actuarem como se fosse um pneu gasto e usado, mas pronto…).

Daí pensar também nas Street  Figthers, Chopers e todas as motas modificadas. Neste campo existem vários tipos de modificações, ou seja, os que alteram na maior parte das vezes com peças e acessórios  bons e fiaveis (que muitas das vezes aumentam a segurança ou o conforto), e os que é ” pró desenrasque”, tudo bem ”atado com uns aramitos” pra não cair o escape e etc., mas aí a competência e as verificações terão de vir, como já referi, das entidades de Segurança Pública Nacional e não por os motociclistas a pagar para lhes inspecionarem a mota…

Segundo declarações do Presidente da Associação Nacional de Centros de Inspecção, as inspecções periódicas a motociclos estão para começar em 2009. Há necessidade de uma confirmação oficial visto que não houve qualquer fonte governamental a pronunciar-se sobre esta matéria.
 Jorge Viegas (Presidente da FNM) em declarações  à TSF, “não é assim que o Governo vai diminuir a sinistralidade”.

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, entidade da DGV, segundo a TSF, que a ideia está a ser amadurecida…

Acho que deve ser bem falado, estudado e se necessário que haja um ”Referendo”, porque temos que ter em conta que a Comunidade Motociclista Nacional é bastante extensa e tende a aumentar…

Manifesta aqui a tua opinião sobre esta matéria!

Asas da Liberdade – VI Convívio Motard – 7/8 de Junho

Moto Imagens – Apanhados!