Inspecção de Motas

Este tema já se fala há muito tempo e de novo não tem nada, fala-se de prevenção rodoviária, sinistralidade, tudo temas que não dizem respeito só ás motas, porque se fosse só relativamente ás motas, era mais do tipo problemas diários e reais (rails e a sua devida proteção, as tintas da estrada proibidas noutros países e legais nos nosso por serem baratas, o imposto fiscal – o porquê dos preços exagerados em relação aos carros, etc..).

Inspeção de Motociclos no meu entender para além de ir encarecer ainda mais os encargos dos motociclistas, (que devido ás motas serem consideradas um bem de ”luxo” somos penalizados de varias maneiras, tipo selo, seguro, portagens, irs,..), vai fazer com que certas entidades ”lucrem” com isso.

Até hoje as ” inspecções ” estavam a cargos das entidades de segurança pública (GNR e PSP) que fazem cumprir as regras segundo a lei que diz que um motociclo deve ter luzes(médios e máximos), que deve ter piscas, matricula legível e segundo as medidas previstas pela DGV, retrovisor pelo menos do lado esquerdo. Em relação aos pneus obdecem a lei igual ás dos carros (que nas motas de pista é bastante complicado por existir no mercado pneus novos e todos ‘xpto’ quase sem rasto/rasgos, o que leva certos agentes da autoridade a ter opinião propria sobre o assunto e assim actuarem como se fosse um pneu gasto e usado, mas pronto…).

Daí pensar também nas Street  Figthers, Chopers e todas as motas modificadas. Neste campo existem vários tipos de modificações, ou seja, os que alteram na maior parte das vezes com peças e acessórios  bons e fiaveis (que muitas das vezes aumentam a segurança ou o conforto), e os que é ” pró desenrasque”, tudo bem ”atado com uns aramitos” pra não cair o escape e etc., mas aí a competência e as verificações terão de vir, como já referi, das entidades de Segurança Pública Nacional e não por os motociclistas a pagar para lhes inspecionarem a mota…

Segundo declarações do Presidente da Associação Nacional de Centros de Inspecção, as inspecções periódicas a motociclos estão para começar em 2009. Há necessidade de uma confirmação oficial visto que não houve qualquer fonte governamental a pronunciar-se sobre esta matéria.
 Jorge Viegas (Presidente da FNM) em declarações  à TSF, “não é assim que o Governo vai diminuir a sinistralidade”.

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, entidade da DGV, segundo a TSF, que a ideia está a ser amadurecida…

Acho que deve ser bem falado, estudado e se necessário que haja um ”Referendo”, porque temos que ter em conta que a Comunidade Motociclista Nacional é bastante extensa e tende a aumentar…

Manifesta aqui a tua opinião sobre esta matéria!

5 comentários

  1. Porque será que quando viajo nas estradas da nossa vizinha Espanha, sinto logo uma diferença enorme na qualidade do piso, da sinalização, etc, etc, etc.

    Temos que ser mais assertivos e criticos e não ficarmos todos orgulhosos, felizes e contentes quando vemos Seleção de Portugal a jogar à bola….

    Luís Pontes
    Motard em Alcochete

  2. eu acho que isto è mais uma maneira de esmifrar dinheiro ao povo portugues (em especial os que andam de mota)po ex eu comprei uma moto (cbr600f) do ano de 92 e ja vinha com um escape de rendimento(devil),se esta coisa das inpecoes entrar em vigor vou ter de vender a mota pk nao estou para comprar um escape novo de origem pk mesmo em segunda mao sao muito caros.

    se entrar em vigor a inspecçao de motociclos penso que 90%das motas vao encostar a box.

  3. Isto tudo e pra encher a barriga a mt gente… A minha mota ta praticamente toda alterada… K vou fazer?? Nao tenho nada de origem, nem conta-quilometros… praticamente ja a comprei assim… A minha vai fazer parte das 90% de motas k vao ficar encostadas a box!! Em portugal o k s preocupam e com carros e motas.

  4. Sinceramente não entendo os vosso comentários sobre o tema. Na Alemanha, minha terra natal, é normalissimo que as motas têm que ir a inspecção. Todos os acessórios que se pretende montar na moto devem ter a homolugação ou têm que esforçosamente inspeccionados e registrados no livrete da moto. Como em Portugal se compra uma moto para logo a saída do stand desmontar os espelhos e as piscas e dobra a matricula e chegando em casa começam as outras alteração, nomeadamente o escape. E porquê? Porque uma moto tem que fazer barulho para que automobilistas, já que não nos vêm, pelo menos nos ouvem?
    Francamente. Qual a diferença entre as duas e as quatro rodas (o que diz respeito a inspecção e assim a segurança rodoviária)?
    É preciso fazer barulho e muitos rateres??
    Claro que para quem possui uma custom-bike, a primeira inspecção vai ser um pesadelo e vai que ter as mãos nos bolsos para pagar a legalização de todas as alterações feitas. Isto deve ser o preço a pagar para ser diferente.

  5. isto vai ser mais um pretesto para encherem os cofres e nós os motards que se lixem sempre foi assim e sempre será. temos um acidente de moto por causa de um automovel quem é que tem razao se nao bateres msm no automovel? eu estive a pouco tempo um acidente com minha r6 uma senhora numa estrada principal tinha o automovel atravessado no meio da estrada, para nao bater no carro dela e para nao me partir todo desviei me para o lado e fui bater numa parede, quando a policia chegou sabem o que me diseram? se tiveses batido ja nao eras culpado, parti o braço estive que ser operado. pagamos as nossas contribuiçoes seguros, selos tudo o que é preciso, epa tenham um pouco de compaixao por nós (motards) , nao nos façam passar por uma inspecçao que nao nos vai a nos nem a vós levar a segurança.vamos manifestarmo nos contra isto a uniao faz a força. um abraço


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s